O mundo chora: Baleia encontrada morta em praia estava cheia de garrafas pets, lixos e sacos plásticos

Garrafas, recipientes de gelados, cabides, caixotes de lixo e sacos de plástico eram alguns dos detritos que emergiam da boca do mamífero gigante.

A poluição é um dos grandes problemas atuais. Embora tenhamos evoluído bastante enquanto humanidade, ainda temos imensas falhas. Os erros de hoje serão pagos amanhã.

A falta de reciclagem é uma daquelas contas gigantescas que um dia mais tarde havemos de pagar diretamente.

Os residentes de Naic Cative, acordaram numa quinta-feira com uma visão horrenda na praia. Uma baleia azul em decomposição deu à costa. Da sua boca saia algo que chocou todo o mundo, mais do que alguém podia imaginar.

A montanha de resíduos plásticos que saia da boca da baleia em decomposição era tão grande que ninguém pode ficar indiferente.

Garrafas, recipientes de gelados, cabides, caixotes de lixo e sacos de plástico eram alguns dos detritos que emergiam da boca do mamífero gigante.

Esse acontecimento fez a defesa ambiental Greenpeace do Sudeste Asiático nas Filipinas manifestar-se.

Em comunicado à imprensa, a Greenpeace disse que mais de 30 Cachalotes haviam dado à costa na Europa no primeiro trimestre de 2016, com seus estômagos com quantidades gigantescas de resíduos plásticos.

Nas Filipinas, uma baleia morta foi encontrada na Ilha de Samal em Dezembro do ano passado. O Escritório de Pescas e Recursos Aquáticos foi citado pela Philippine Star, dizendo que plásticos, rede de peixe, ganchos, madeira com pregos, cordas e fios de aço foram encontrados no estômago do animal e tinham sido a causa da morte do mesmo.

Assista o vídeo abaixo que retrata uma escultura para promover a conscientização para não jogar lixo no mar

--

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Anônimo disse:

    m
    Culpados os estado e as grandes soperfisses

  2. tenhamvergonha disse:

    O próprio video diz que é uma escultura, porque mentem vocês? Respeitem os casos reais…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.