Ativista pelos direitos dos animais, Brigitte Bardot pede punição severa para dentista que matou leão Cecil

Brigitte Bardot Foto

A atriz francesa Brigitte Bardot, ativista dos direitos dos animais, alimenta cães de rua em uma rua de Bucareste, na Romênia (foto: kael alford/newsmakers)

A atriz francesa Brigitte Bardot, conhecida por sua militância em favor dos animais, pediu nesta sexta-feira (31/07) uma punição “mais do que exemplar” para Walter James Palmer, qualificado por ela como “assassino em série” por matar o leão Cecil.

“Esse indivíduo imundo que escandalosamente paga pela morte de animais selvagens protegidos, em perigo de extinção, atenta contra o patrimônio natural da humanidade e merece uma punição mais do que exemplar”, declarou a estrela em comunicado divulgado pela La Fondation Brigitte Bardot.

Ela lembrou que Palmer ainda se orgulhava de matar ursos, rinocerontes, leopardos e outros animais protegidos.

“O apedrejamento da mídia só confirma a rejeição que essa fome de sangue provoca”, disse Bardot, que ressaltou que espera que os Estados Unidos respondam positivamente à solicitação de extradição enviada pelo governo do Zimbábue.

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Manuela disse:

    Tem que ser punido!

  2. alessandra disse:

    façam esse vadio sofrer 40 horas pra morrer assim como o leão sofreu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.