Cadelinha abandonada em saco plástico é resgatada em SP

Cadelinha abandonada em saco plástico é resgatada em SP

Uma cadelinha sem raça definida foi resgatada após ser abandonada dentro de um saco plástico próximo a um córrego, no bairro Jardim das Laranjeiras em Bebedouro (SP), na quinta-feira (19).

O resgate foi feito pela equipe do Canil Municipal após denúncia do aposentado Jucino Teixeira de Prado, de 80 anos, que encontrou o bichinho perto da casa dele. A cadelinha já foi adotada e até este domingo (22), a Polícia Civil ainda procurava o suspeito de abandono.

Segundo Prado, o saco foi encontrado por ele por volta das 7h30 de quinta-feira perto do Córrego Bebedouro. “A hora que eu saí da minha casa já encontrei o saco. Quando eu fui verificar o que era, encontrei a cachorrinha dentro, é uma injustiça muito grande”, disse.

“Eu não sabia o que fazer e me comuniquei com o Canil Municipal e eles vieram e buscaram”, contou o aposentado.

Noite ao relento
Segundo o veterinário do Canil Municipal, Antônio Gonçalves da Fonseca Filho, a cadelinha tem cerca de 10 anos e é mestiça com a raça pinscher. Ele suspeita que o animal tenha passado a noite ao relento.

“Acredito que ela tomou o frio da noite inteira porque estava bem trêmula. A gente resgatou ela, fez a medicação, aqueceu, e ela já deu uma melhorada. Um outro companheiro veterinário encontrou uma pessoa para adota-lá”, disse.

Cadelinha abandonada em saco plástico é resgatada em SP2Abandonos frequentes
De acordo com o veterinário do Departamento de vigilância Sanitária, Amilcar Alexandre Bernardino Narente, casos como esses são comuns no município.

“São bem frequentes, sempre têm animais abandonados porque estão doentes, velhinhos, com algum problema, alguma doença crônica que as pessoas não conseguem cuidar, ou é por que o animal cresceu muito, animais que eles não querem por que aconteceu algum acidente, infelizmente sempre tem”, afirmou.

Narente conta ainda que já conseguiu uma nova família para a cadelinha. “É dificil concluir o que se passa no cérebro de uma pessoa que larga uma cachorra amarrada em um saco. Mas já temos uma nova família para ela”.

O aposentado e os veterinários que encontraram e prestaram socorro ao animal ainda não registraram o boletim de ocorrência sobre o caso. A Polícia Cívil já tem um suspeito, que deve responder por abandono e maus tratos podendo pagar uma multa no valor de R$ 3 mil.

 

Fonte

 

Você pode gostar...