Envenenamento de animais domésticos, saiba como agir!

Os casos de  animais domésticos  envenenados diariamente é muito comum, cães e gatos conseguem ingerir com muita facilidade produtos domésticos tóxicos que por vezes podem ser fatais.

Entre os mais comuns estão: bebidas alcoólicas, amônia, água sanitária, chocolates, detergente, fertilizantes, lustra-móveis,medicamentos humanos e etc. Os cuidados com os pets precisam ser redobrados, inclusive em relação a raticidas.

O chumbinho é muito usado nas casas, e apesar de ser ilegal é encontrado com muita facilidade, por muitas vezes é usados para outros fins, inclusive por pessoas que não gostam de animais. Outro veneno muito usado é o composto 1080, substância que não possui cheiro e nem sabor, o veneno age no sistema nervoso central, sistema respiratório e no coração podendo provocar convulsões, coma e morte.

 Raticida (chumbinho)                                composto

Alguns sintomas mais comuns nos casos envenenamento.

* Salivação excessiva,misturada ou não com vômitos

*Quadros convulsivos

*Tremores musculares, fraqueza.

*O animal pode não conseguir ficar em pé

 *Sangue na urina ou diarreia

O que fazer nesses casos ?

  Nesses casos saber o que fazer é de grande importância e pode fazer toda diferença entre a vida e a morte do animal, se poder corra imediatamente para um veterinário e se possível leve o rótulo da substância ingerida.

     É  muito comum acreditar que fazer o bixinho vomitar a substância ingerida o fará melhorar, isso não é verdade e pode ser muito perigoso, não se pode induzir o vômito por meio de substâncias como água oxigenada ou água morna e em alguns casos o uso do leite é vetado, pois além de não ser recomendado para cães e gatos, apresenta um pH neutro, bem mais alto que o do estômago, o que faz com que o leite atue como neutralizante apenas se o veneno tiver caráter ácido, caso contrário, se o leite for de caráter básico, o leite pode potencializar a ação da substância tóxica fazendo com que ela seja absorvida rapidamente.

   O uso de carvão ativado em cápsulas é muito indicado, facilmente encontrados em farmácias, ele age como sustância adsorvente, ao ser ingerido ele liga-se ao veneno no estômago e impede a absorção e a ação, deve-se dá ao animal em até 30 minutos após o envenenamento, pois com o tempo a substância vai sendo absorvida para a corrente sanguínea e o carvão não fará mais efeito.

  Outra forma de retardar o efeito do veneno pouco conhecida é o uso de uma colher de mel,  que funciona como protetor gástrico, lembrando que tanto o carvão quanto o mel devem ser ministrados com o animal totalmente consciente.

 Caso o envenenamento seja doloso, peça o laudo ao médico veterinário, registre um boletim de ocorrência, denuncie pois maus-tratos a animais é crime, e a comercialização clandestinas de raticidas também é crime e pra esses crimes existem penalidades previstas na lei.

Não esqueça, o tempo é muito importante nesses casos, quanto mais cedo o animal for socorrido mais rápido são as chances de sobrevivência do pet.

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Glória disse:

    Em caso de depressão existe medicacao especifica? Quase perdi meu gato qdo a nossa cadela morreu. Eles eram muito amigos. Ele arrancava os pelos e os engolia. E nao se alimentava. A homeopatia foi a solucao.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.